Todos os direitos reservados ao Guifões Sport Clube

Perfil_2-01-01.png

© 2019 criado por

INDIVIDUAL BASKETBALL TRAINING

Desenvolvimento e potenciação integral e individual do atleta

 

COACH

Inês Almeida

 

COACH

Nuno Sousa

 

COACH

Luis Machado

 

Nova época, novos desafios e sempre a pensar em vocês...

Chegou ao Guifões Sport Clube o

INDIVIDUAL BASKETBALL TRAINING

O treinador pessoal é uma figura chave, não só para que os jogadore(a)s comecem a fazer e a melhorar o exercício físico, mas também para chegarem ao nível seguinte em qualquer desporto.

Assim nasce o projecto do Guifões SC

 "Desenvolvimento e potenciação integral e individual do atleta".

ATREVES-TE A MELHORAR?

Melhorar os fundamentos técnicos

Melhorar a

condição física

Corrigir um fundamento técnico mal assimilado

Prevenção e reabilitação de lesões

Sabias que os jogadores de basquetebol também podem ter o seu treinador pessoal?

O treinador pessoal é uma figura chave não só para começar a fazer exercício físico, mas também para que os jogadores cheguem ao nível seguinte em qualquer desporto O Basquetebol com o treinador pessoal, impulsa o jogador na sua carreira profissional ou não profissional. Exemplos claro no País vizinho são os jogadores Calderón e Ibaka.

Basquetebol com treinador pessoal:

Nos desportos colectivos, as equipas têm corpos técnicos com mais ou menos elementos, dependendo das disponibilidades profissionais de cada um e dos meios do clube. Por sorte cada vez mais aparecem preparadores físicos e fisioterapeutas dentro dos clubes de basquetebol, que ajudam a que o treino tenha mais qualidade, e favorecem o cuidado da saúde dos desportistas e a prevenção de lesões, bem como o aumento do rendimento dentro do campo.

 

Então... Onde aparece a figura do treinador pessoal?

O problema dos desportos colectivos é que os treinos estão dirigidos a uma equipa, por tanto, o treinador não pode dedicar tempo excessivo às necessidades individuais de cada jogador, pois as horas de treino são limitadas, e é necessário dedicar muitas delas à melhoria dos fundamentos técnico-tácticos colectivos.

 

O treinador pessoal ajuda o jogador a aumentar o seu rendimento com treinos individualizados e específicos, que não dá tempo para introduzir nos treinos colectivos.

Os objectivos destes treinos são os seguintes:

    1. Melhorar os fundamentos técnicos do jogador:

A técnica individual consiste em todos os gestos específicos do desporto. No caso do basquetebol, os gestos mais comuns são o tiro, drible, passe, as paragens, a recepção da bola, as fintas, os ressaltos e a postura defensiva. 

Nos treinos de técnica individual pretende-se melhorar a qualidade dos gestos técnicos do jogador, aumentando a sua efectividade quando as aplica em situações reais de jogo.

 

    2. Melhorar a condição física do jogador:

​O trabalho de condição física pretende aumentar o rendimento do jogador, através da melhoria de força, velocidade, resistência, flexibilidade e coordenação.

 

Este tipo de treinos pode ser geral ou específico, dependendo do objectivo do jogador.

Um treino de condição física geral melhora o rendimento do jogador, mas não tem uma forte relação com o basquetebol. Um exemplo pode ser um treino de força, com objectivo de aumentar a massa muscular de um jogador e resistir melhor aos impactos que se sofrem constantemente durante o jogo com outros jogadores.

O Treino específico, esse sim tem uma relação mais directa com o basquetebol. Um claro exemplo é um treino de velocidade gestual ou de velocidade de reacção, em que o objectivo é que os jogadores actuem e sejam muito mais rápidos a reagir em situações reais de jogo.  

    3. Corrigir um fudamento técnico mal assimilado:

Em ocasiões os jogadores assimilam de uma forma incorrecta um gesto técnico, o que provoca que executem e realizam mal as ações nos jogos e que prejudicam o rendimento da equipa. Um exemplo pode ser cruzar as mãos após realizar um passe, ou driblar a bola utilizando o excesso da palma da mão, sem controlar a bola com a ponta dos dedos.

O objectivo deste treino é reconstruir a percepção que tem o jogador sobre o gesto técnico, ajudando o mesmo a corrigir e a ganhar confiança quando necessite de o utilizar nos jogos.  

    4. Prevenção e reabilitação de lesões:

O trabalho preventivo é fundamental para cuidar da saúde e progressão dos jogadores. Uma lesão grave numa etapa de crescimento importante de um jogador pode prejudicar gravemente a sua progressão como jogador de basquetebol​.

 

Para prevenir lesões, é fundamental que os jogadores trabalhem de forma frequente a força, o CORE e a propriocepção.

FORÇA: Com o trabalho de força, diminuímos o efeito negativo dos contínuos impactos que se sofre na prática do basquetebol, seja contra outros jogadores, seja através de um salto ou de uma saída mais explosiva.

CORE: Graças ao trabalho de CORE aumentamos a estabilidade corporal e isso permite que os jogadores corrijam posturas negativas, como jogar com uma excessiva flexão das costas. Certas posturas negativas provocam lesões, para além de reduzirem o rendimento dos jogadores.

PROPRIOCEPÇÃO: A propriocepção tem uma grande importância no basquetebol para prevenir lesões e ganhar estabilidade corporal nos apoios após saltos. Neste desporto os saltos, os impactos e as saídas explosivas são uma constante, pelo que à que reduzir o grande tamanho e peso da maioria dos praticantes. Como conclusão o objectivo da prevenção de lesões, é ter um bom controlo e estabilidade corporal, e que as articulações sejam estruturas fortes e que sejam capazes de resistir a impactos e mudanças de direcção em grandes intensidades. No caso que um jogador sofra uma lesão, começa o trabalho de reabilitação, que tem como objectivo manter em forma o jogador durante o seu período de paragem, e readaptar a prática do basquetebol à zona afectada. Com este trabalho consegue-se que após um jogador recuperar da sua lesão, este esteja em melhores condições de treinar e que não se sinta tão mal fisicamente. 

 

 

Conclusões:

O treino pessoal é um complemento perfeito para que o jogador de basquetebol, desenvolva o seu maior potencial, sempre que a metodologia seja a correta e que o trabalho do treinador e treinador pessoal persiga o mesmo objectivo.

 

O treinador pessoal oferece um treino específico e individualizado ao jogador, com o objectivo de potenciar as suas virtudes e corrigir aspectos que devem melhorar.

As inscrições já estão ABERTAS a todos os atletas (do clube e exteriores ao clube), que queiram melhorar o seu jogo.

 

Vem melhorar o teu jogo... EXPERIMENTA!